Diário da Dieta: Power Jump!

Com certeza o Power Jump é um dos principais motivos por eu ter mudado de academia.

Quando comecei a malhar (em Agosto/2011) acabei escolhendo o power jump como minha atividade favorita, e como na academia que eu fazia antes os horários eram ótimos (a professora também era muito animada!) acabei fazendo todos os dias da semana.

Acabei me viciando na atividade e quando voltei a morar na Bela Vista/SP, fiquei meio perdida pois aqui a maioria das academias não possuem power jump todos os dias. Um saco, né?

Me matriculei na Bio Ritmo justamente por isso, são 4 aulas por semana (12h30 e 6h45) e eu gostei muito das professoras.

Hoje eu não troco o Power Jump por nenhuma outra atividade aeróbica, me divirto muito nas aulas e o mix (combinção de músicas) da Body Systems é muito bom!

Claro que não é só uma aula animada, existem muitos benefícios em fazer o power jump:

  • Aumento da força muscular dos membros inferiores.
  • Aumento e melhora da contração de estabilizadores (abdominal e lombar).
  • Gasto calórico de até 700 K/cal.
  • Melhora da condição cardio vascular.
  • Melhora das habilidades motoras.
  • Aumento da concentração.
  • Aumento do equilíbrio corporal, devido ser uma modalidade também com objetivo proprioceptivo.

Bastante coisa, né?

Além disso, uma aula intensa de power jump faz com que o seu corpo continue queimando calorias por até 1 hora  e meia após o treino. Mara, né?

Sei que muitas vão dizer que não aguentam uma aula inteira, que na segunda música já estão morrendo, mas gente…é normal! É uma aula intensa, e temos que respeitar o limite do nosso corpo. Ninguém faz uma aula completa sem perder o fôlego quando está começando, é super normal!

Eu fiquei 1 mês e meio sem pular e óbvio que o meu corpo também sentiu, né? Acho que esse tempo de adaptação leva uns 2 meses, mas é importante não desistir.

O legal é que o mix é bem divertido, com músicas atuais, animadas e normalmente a troca de mix acontece a cada 3 ou 4 meses. As coreografias são praticamente as mesmas, e quando você vê já decorou tudo e o que muda é a ordem e a repetição delas em cada mix.

Já recebi alguns emails de meninas dizendo que compraram o trampolim pra fazer em casa, mas eu não recomendo. É uma aula que precisa de motivação, e sozinha você não vai conseguir o mesmo efeito, além de não fazer direito os exercícios.

Algumas dicas para quem está començando:

  • Não tenha vergonha de ficar na frente próximo ao professor, é importante que você veja como o exercício tem que ser feito, e as chances de  aprender certinho são maiores.
  • Sempre leve uma garrafa com água, você vai beber muito!
  • Use roupas confortáveis e que te deixe segura, lembre-se que você vai ficar pulando!!
  • Cuidado para não pular próximo a costura!
  • A sua altura durante o pulo não muda, você vai flexionar joelhos e pernas!!
  • Pule sempre empurrando o calcanhar para baixo!
  • Sorria e tente se divertir ao máximo, a atividade fica muito mais legal!

O que eu mais vi durante o pouco tempo que fiquei na academia “meketrefe” aqui ao lado de casa, é que muitas  pessoas pulam errado.

Quando o professor é bom, ele fica em cima corrigindo o aluno (todos os professores bons que conheci faziam isso!). Além de não estar fazendo certo, você pode se lesionar e não é essa a ideia.

Eu gosto muito e com certeza essa atividade ajudou muito no meu emagrecimento. Claro que existem diversas outras aulas legais para se fazer, mas como eu não curto aquelas aulas de dança (zumba, sh’bam e etc), optei pelo power jump como a minha atividade oficial.

Óbvio que existem alguns movimentos que eu não gosto de fazer, como o twist e cowboy alto e duplo, mas faço né? A minha professora sempre dá as opções nos movimentos mais difíceis para quem está começando.

Além do power jump, eu faço musculação (3x por semana) e treino corrida (faço 3min de corrida em 9.5 e caminho 2min em 6.5) todos os dias. Pra mim isso super funcionou e não é algo que me deixa esgotada.

Experimentem a aula de power jump e não desistam logo na primeira semana, ok? Ninguém nasce sabendo, todo mundo teve que começar algum dia, e se vocês se dedicarem vão ver como é uma aula gostosa de fazer.

Se vocês já fazem há bastante tempo, tentem intensificar um pouco mais a atividade, e aproveitem o “pico” no final das músicas para pular cada vez mais alto. :D

No site da Body Systems tem uma página ótima com perguntas e respostas sobre a atividade, clique aqui para ler. 

Vocês também curtem power jump?

Beijos!

BlueBox by Tryoop – GranPure

A BlueBox by Tryoop do mês de Abril veio recheada de produtos GranPure!

A proposta da “caixa azul” é de itens orgânicos, sustentáveis, ecológicos, naturais e etc. Todo esse conceito natureba que eu adoro!

Não conhecia os produtos da GranPure, mas pelo que já provei gostei bastante.

Veio muita coisa nessa caixinha, olha só:

Granola doce e salgada (fica ótimo em salada), cookies integrais, barra de granola salgada e cookies (vieram mais alguns, só que eu comi! hahaha)

Achei bem bacana pois são produtos que eu realmente consumo no meu dia a dia. A barra de granola salgada eu não achei suuuper deliciosa, mas foi legal conhecer.

Não coloco na “ponta do lápis” o valor dos produtos com o da assinatura, pois a proposta da BlueBox não é vender mais por menos. A proposta é conhecer produtos novos, relacionados a saúde e bem-estar.

Muitas meninas me perguntam se vale a pena assinar o serviço, e para quem gosta desse tipo de produto eu acho que vale a pena. Claro que todo mês é uma surpresa, você não sabe o que vai vir, mas dá para ter uma ideia olhando a parte de marcas parceiras no site deles.

O valor da assinatura é de R$39 e não tem nenhum outro custo a mais.

Para acessar o site é só clicar aqui!

Beijos

10

Dário da Dieta: Sobre motivação e celebridades que emagreceram!

Muitas me perguntam da onde eu tiro tanta motivação para ir malhar logo cedo, por isso resolvi montar esse post “motivacional”.

Acho que só o fato de eu ter conseguido emagrecer já é um grande incentivo pra continuar malhando, e não voltar a ter o corpo gordinho que já tive.

Emagrecer é difícil, exige paciência e determinação, mas não é impossível né? Adoro ler histórias de quem já conseguiu chegar lá apenas com reeducação alimentar e exercícios físicos.

Nada contra quem opta por uma cirurgia, mas eu não penso e nem quero fazer, prefiro continuar malhando e me reeducando, pois acho que o segredo é realmente você mudar a sua cabeça e a sua relação com a comida.

Sei que para algumas isso pode soar meio utópico, mas pra mim foi o que deu certo. Sou contra dietas malucas e receitas milagrosas pois sinceramente…isso não existe. Além de não ser saudável, ninguém consegue passar a vida toda fazendo dieta maluca.

Não é mais fácil ter um pouco de paciência, e fazer escolhas saudáveis que serão fáceis de manter a vida toda?

A Kelly Osbourne e a Jennifer Hudson são duas celebridades que emagreceram apenas com reeducação e exercícios, elas mudaram bastante e ficaram lindas!

A Kelly era bem gordinha, só comia porcarias e tinha uma vida sedentária.

Não sei exatamente qual era o peso dela, mas nota-se que ela estava bem acima né?

A Kelly de hoje em dia é bem mais magra, consome alimentos saudáveis e pratica atividade física. Olha o corpo dessa menina, gente! É pra motivar qualquer uma, né?

Li que a Kelly quando era gordinha sempre carregava uma pacote de batata frita na bolsa, e hoje ela trocou as batatas por cenourinhas. Bem mais saudável. :D

A Jennifer Hudson também era bem gordinha, e decidiu emagrecer depois do nascimento do seu primeiro filho.

Uaaaau…nem parece a Jennifer de antes!

Já li algumas entrevistas dela sobre o assunto, e ela diz que começou com caminhadas diárias e com o tempo foi intensificando. Legal, né?!

Claro que nenhuma das duas ficaram magras do dia pra noite, isso leva tempo, paciência e muita determinação. O que eu quero mostrar aqui é que emagrecer é possível sim, que você pode conseguir.

Também separei umas fotos da minha fase mais gordinha pra vocês #aiquevergonha.

Eu não tinha noção do quanto eu estava gorda, mesmo porque nunca fui magra, e só fui notar quando as calças tamanho 42 já não entravam mais.

Já contei tudo isso no começo da tag de dieta, então quem tiver curiosidade é só clicar aqui pra saber de tudo

Já emagreci 12kg (comecei com 72,5kg e tenho 1.59m) e ainda quero eliminar mais uns 5kg.

Atualmente peso 60,5kg, cortei as “besteiras” do meu cardápio e procuro fazer escolhas saudáveis sempre. Claro que de vez em quando eu escorrego, mas sou humana né?

Fiquei quase 1 mês e meio sem ir para academia, mas não engordei nada pois não abusei na alimentação. Voltei a malhar essa semana, mas isso é assunto para o próximo post.

Olhar as fotos de quando eu estava gordinha me ajuda muito a lembra o porque eu tenho que ir malhar, me faz lembrar o motivo de eu ter começado tudo isso. É muito mais do que querer ser magra, eu não era uma pessoa saudável e era extremamente sedentária.

Sou muito mais feliz hoje, malhando e me exercitando sempre. Me sinto mais viva, sabe!?

Se você não tem a oportunidade de pagar uma academia, comece com caminhadas leves e faça escolhas mais saudáveis em relação a alimentação.

Nada é impossível, não desista dos seus sonhos e não acredite quando alguém disser que você não vai conseguir. Com esforço e dedicação todo mundo consegue!

Beijos!

Diário da Dieta: Manter é mais difícil que perder

Faz tempo que não falo sobre dieta e exercícios aqui no blog, né?! Pois é…mas vou explicar o que aconteceu! :D

Para quem acompanha o “Diário da Dieta” desde o começo, sabe da minha rotina alimentar e física, mas as coisas mudaram um pouco nesse último mês.

No começo do ano me mudei, e no meu bairro são poucas as academias menores, o comum aqui são academias grandes como Bio Ritmo, Runner, Competition etc.

Como eu não estava afim de investir o triplo do que eu pagava em uma dessas, optei pela “academia de bairro” e putz…pior coisa que eu fiz na vida.

Sabe quando a academia não te motiva? O espaço, os profissionais e as aulas dadas não te fazem querer ir? Aconteceu isso comigo, fui durante 20 dias e larguei mão.

Eu acordava 6h da manhã para ir malhar, chegava na academia e não tinha esteira disponível (eram SEIS esteiras!). A professora de jump não motivava, e como na academia não tinha o programa “Body Systems”, ela acabava dando um mix qualquer que pra mim não fazia o menor sentido.

O barato saiu caro e eu percebi que com certas coisas não adianta querer economizar. Paguei metade do valor de uma academia top, e sinceramente? Antes eu tivesse pago o preço da top mesmo pois estaria feliz com a estrutura.

Vou tentar me matricular em uma grande mesmo, e ir malhar feliz e motivada pois isso com certeza é a melhor coisa que tem.

Mas Claudinha, e o seu peso e a sua alimentação?! 

Todo mundo sabe que quando resolvi entrar nesse de emagrecer, coloquei na minha cabeça que a minha relação com a comida tinha que mudar. Pra mim dietas malucas não funcionam, e eu optei por escolhas saudáveis…assim consigo manter a vida inteira.

Claro que de vez em quando eu escorrego, mas isso é normal né? Sou humana e não vou abrir mão de tomar uma cerveja no final de semana, mas claro que não preciso enfiar o pé na jaca.

Depois de meses controlando a alimentação, percebi que manter o peso conquistado é muito mais difícil que emagrecer. Quando estamos focadas no emagrecimento/dietas achamos que essa é a parte mais difícil, mas pra mim foi a mais fácil.

Atualmente estou com 60.2kg, e meu peso varia entre 60kg e 60.7kg (tenho 1.59m). Meio louco isso, mas acredito que é normal sabe? Faz 1 mês e pouco que parei com a academia e estou sentindo muita falta. Sabe quando algo não está completo?

Acho que mesmo que a pessoa não queira mais emagrecer, o exercício físico é importante, pois garante uma vida saudável e evita outros problemas gerados pelo sedentarismo. Não dá para desistir, né?

Tenho controlado minha alimentação, afinal não estou indo malhar e acredito que optar por coisas saudáveis é a melhor coisa sempre. Aqui em casa por exemplo, eu só compro produtos lights, sem açúcar e isso já virou um hábito.

Quando tenho vontade de comer bolinhos (tipo Ana Maria), também opto pela versão light. Claro que o bolinho é calórico, mas o que eu quero passar pra vocês é que dá para adaptar, e viver de produtos lights sem o menor problema! :D

Sobre os exercícios, ainda quero emagrecer mais uns 5kg (tem muita gordura na barriga, pernas e costas pra queimar!!) e depois fortalecer tudo. Espero que dê certo, né? :D

O importante é ficar de olho na alimentação, pois é um dos pontos mais importantes nesse processo todo. Mesmo com o seu objetivo alcançado, é preciso se controlar para manter o peso durante a vida toda. :D

Como vocês estão no projeto #DiariodaDieta? Sentiram falta dos posts?!

Beijos!