O que eu aprendi com a reeducação alimentar

Um dia desses eu estava fazendo compras no mercado, e fiquei pensando no quanto a minha vida mudou desde o momento em que decidi ir atrás de uma alimentação melhor.

Na verdade a minha alimentação sempre foi muito boa, desde criança os meus pais me acostumaram a comer de tudo e não ter medo de provar coisas novas. Todo dia em casa o “cardápio” era composto por arroz, feijão, carne (ou frango e peixe), legumes e salada.

Além disso, minha mãe comprava uma infinidade de frutas e me incentiva a comer com frequência.

Que eu me lembre nunca olhei para algo no prato e disse: “Hmmm, mas isso eu não como”. O meu maior problema mesmo foi quando eu me mudei para São Paulo, e passei a comer tudo que eu havia vontade e não comia antes.

Untitled 3 O que eu aprendi com a reeducação alimentar

 

Eu morava na Praia Grande, e lá nunca teve muitas opções de fast-food ou qualquer outra novidade de fácil acesso como em São Paulo.

Quando eu me mudei e fui morar com meu namorado, a nossa compra no mercado era composta basicamente por: refrigerante, congelados, processados, biscoitos, doces e tudo quanto é besteira que vocês possam imaginar.

Também comíamos muita besteira fora de casa, e o pior: eu era sedentária!

Sei que quando a gente pensa em mudar os nossos hábitos alimentares a primeira coisa que temos em mente é o emagrecimento, mas ter hábitos mais saudáveis influencia em absolutamente tudo na nossa vida.

Posso garantir que a reeducação alimentar é a chave do sucesso de qualquer emagrecimento, mas não é algo que acontece do dia para noite. A reeducação alimentar é um exercício diário que fazemos, não tem jeito!

É difícil e exige muita dedicação, mas vale a pena viu?

Quando eu decidi entrar nesse caminho inteligente, vi que seria possível seguir uma vida assim e ainda não abrir mão de pequenos prazeres. Afinal, a comida também é uma forma da gente socializar. Por isso eu optei por seguir um caminho mais longo, porém que me fizesse feliz.

Vejo inúmeras dietas pipocando por aí, e sempre penso se vale a pena mesmo sofrer tanto sabe? Já fiz dietas malucas (quando eu era adolescente) e me frustrei todas as vezes.

Na minha opinião ninguém precisa se privar de algo que gosta de comer, basta ter equilíbrio e não “enfiar o pé na jaca” diariamente. Era isso que eu fazia e óbvio que uma hora eu poderia ter problemas sérios de saúde.

Hoje em dia eu tenho o hábito de ler o rótulo da embalagem dos produtos que consumo, procuro alternativas saudáveis para os pratos mais calóricos que gosto e tento sempre fazer escolhas mais inteligentes.

A minha compra no mercado que antes era repleta de “porcarias”, hoje é uma compra bem mais inteligente e saudável. Claro que as vezes eu como alguma besteira, como eu disse tem que haver um equilíbrio.

No vídeo eu falo um pouco mais sobre isso, espero que vocês gostem! <3

Estou com outras ideias de vídeos sobre esse tema e em breve faço outros pra vocês. Combinado?

Beijos

 

, , ,
6

5 Motivos para Malhar no Inverno!

Eu sei que ir para a academia nesse frio dá um certo desânimo, mas posso garantir que essa é a melhor época para começar a praticar atividade física.

Falo isso por experiência própria, viu? Malhar no inverno pode ser um pouco chato no começo, afinal sair da cama quentinha de manhã para ir a academia é difícil, mas vale a pena!

Hoje vou dar 5 motivos para vocês começarem a malhar no inverno!

5 motivos para malhar no inverno claudinha stoco 1 5 Motivos para Malhar no Inverno!

O corpo gasta mais calorias no inverno!

Com certeza vocês já leram isso, mas é verdade. O nosso corpo gasta mais calorias para se manter aquecido no inverno do que no verão!

Malhar no inverno ajuda a gastar mais calorias, dessa forma dá para potencializar o efeito dos exercícios aeróbicos. Essa é a hora para deixar a preguiça de lado!

5 motivos para malhar no inverno claudinha stoco 2 5 Motivos para Malhar no Inverno!

Academia vazia!

Podem perceber, é só começar a esfriar que o número de alunos na academia diminui. É uma ótima oportunidade para quem tem vergonha de ir malhar!

Falando assim parece bobeira, mas eu quando comecei morria de vergonha de ir malhar sozinha. É normal, com o tempo você acaba perdendo essa timidez, e vê que ir para a academia é algo super natural!

Além disso, é uma delícia fazer musculação quando a academia está mais tranquila. <3

5 motivos para malhar no inverno claudinha stoco 3 5 Motivos para Malhar no Inverno!

Aproveite para ver os resultados antes do verão!

Demoramos em média 3 meses para ver os resultados da atividade física, e isso é totalmente normal. Se você começar a malhar hoje, em Setembro vai ver como fez diferença tomar essa decisão agora.

É normal demorar para os resultados aparecerem, e paciência é fundamental para quem procura emagrecer nesse período.

Além de conseguir resultados satisfatórios, o seu condicionamento físico vai melhorar muito nesse tempo.

5 motivos para malhar no inverno claudinha stoco 4 5 Motivos para Malhar no Inverno!O clima é favorável!

Se no verão a gente sofre para malhar com o calor, no inverno o clima é bem mais agradável.

Mesmo sendo bem mais animador malhar no verão, o calor acaba incomodando um pouco e dando aquela sensação de cansaço mais rápido. Além disso, quem tem pressão baixa sofre para malhar em dias muito quentes.

No inverno demoramos para começar a suar, e não ficamos cansadas tão rápido. Se você é o tipo de pessoa que não gosta de praticar atividade física no calor, esse é o período ideal.

5 motivos para malhar no inverno claudinha stoco 5 5 Motivos para Malhar no Inverno!

Melhora na imunidade!

É comum a gente ficar resfriada nesse período, afinal as temperaturas mudam muito, mas praticando atividade física você consegue melhorar o seu sistema imunológico.

Tem coisa mais chata do que ficar gripada?!

Como vocês viram, malhar no inverno só tem benefícios. Vale lembrar que praticar atividade física não é apenas uma questão de estética, e sim de saúde! Nosso corpo foi feito para se movimentar e o sedentarismo é super perigoso!

Quando eu era sedentária não tinha fôlego para nada, qualquer coisa me cansava e eu era extremamente preguiçosa. Me sinto infinitamente melhor, com mais disposição e fôlego que eu achei que nunca fosse ter.

Hoje o sedentarismo pode não atrapalhar sua vida, mas a longo prazo sabemos de todos os riscos!

Antes de tudo a nossa saúde vem em primeiro lugar. Começar a malhar é apenas o primeiro passo para uma vida mais longa e saudável, afinal podemos prevenir diversos problemas de saúde se mantermos hábitos saudáveis, e praticar atividade física é uma delas.

Se animaram para começar a malhar no inverno!? Eu estou tentando me dedicar ao máximo! <3

Beijos

, , , ,
8

A aula de Stiletto na Competition!

Faz tempo que não falo sobre a minha rotina na academia aqui no blog, preciso me organizar pra compartilhar melhor com vocês. Tenho malhado bastante, afinal abusei muito nas minhas férias e acabei engordando um pouquinho.

Tá difícil voltar ao meu peso anterior, mas eu não tenho pressa pois sei que esse processo demora mesmo, já vivi isso e sei bem como o meu corpo funciona.

Uma das aulas novas da Competition que eu mais tenho gostado é a de Stiletto. 

stiletto 1 A aula de Stiletto na Competition!

Eu adoro dançar música pop e realmente me solto nessa aula. Quando eu era adolescente passava a tarde inteira na sala de casa inventando coreografias ao som de Britney, Madonna, Christina Aguilera e etc.

É algo que eu realmente me identifico e gosto. Não tenho a pretensão de ser nenhuma dançarina, afinal nem é esse o propósito da aula, mas gosto de me divertir e ouvir esse tipo de música então pra mim já vale a pena.

Além disso, nós não aprendemos apenas uma coreografia e sim a como andar de salto alto. Ele ensina todo o trabalho de postura e pisada certa, e isso faz muita diferença!

stiletto 2 A aula de Stiletto na Competition!

Nós começamos a aula sempre de tênis, pois é importante se alongar e também treinar uns movimentos para ir soltando o corpo. Só depois disso é que vamos para o salto, e nessa hora cada um escolhe o que mais se sente confortável.

Ninguém é obrigada a usar um salto enorme, é até bom que você vá com aquele que você mais usa e se sente melhor. O meu é enorme porque sou exagerada, e acabei escolhendo esse modelo pela tira no meio do pé que acaba dando mais segurança.

Mas não acaba sendo prejudicial ficar tanto tempo de salto!? Não! Nós nem ficamos tanto tempo assim em cima do salto, a aula dura em média 1 hora mas como disse no começo do post não começamos ela de salto.

Quem vai para a balada de saltão acaba ficando muito mais tempo usando do que eu na aula, né? ;)

Outra coisa bacana dessa aula é que cada vez mais fui ganhando segurança de andar de salto. Eu tenho vários em casa, mas mesmo quando eu ia para a balada acabava indo de sapatilha por ser mais confortável. Agora tenho até saído mais de salto, pois acabei ganhando mais confiança e aprendendo a escolher um para cada ocasião!

A Kah fez um vídeo super bacana mostrando um pouco a aula, assim vocês vão conseguir ter um pouco mais de noção de como funciona. Além disso, o professor deu algumas dicas para quem quer arrasar em cima do salto.

Eu sou a de preto dançando!

Ah, e eu estou de salto e meia, pois os pés suam demais e a meia nesse caso deixa mais confortável e me dá mais segurança.

O Clayton arrasa em cima do salto, né? Esse tipo de dança é bem famoso no exterior, e inclusive muitos dançarinos da Madonna fazem esse tipo de dança em cima do salto.

Ele também já foi dançarino da Jennifer Lopez, então imaginem a experiência né?

Quem tiver curiosidade e interesse em assistir a aula, dá um pulinho lá na Competition da Paulista (Rua Cincinato Braga, 530) para ver como funciona e etc. As aulas são toda segunda e quarta às 8h30.

Gostaram!? :)

Beijos

, , , , , ,
16