O Meu Primeiro Mês na Contours!

Quem me acompanha nas redes sociais viu que voltei firme e forte para as minhas atividades física. Dessa vez na Contours, uma academia feminina!

Esse ano foi bem esquisito, cheio de altos e baixos, e consequentemente deixei de me exercitar como tanto gosto. Claro que isso refletiu totalmente na minha qualidade de vida, né?!

Foi aí que recebi o convite da Contours, para conhecer o método deles e também a voltar a minha rotina exercícios. Fiquei tão feliz!!! :)

Eu já tinha ouvido falar muito bem do método deles (a minha cunhada já foi aluna deles), e estava muito animada para colocar isso em prática!

Outra coisa que me animou muito: tem uma unidade na minha rua, ou seja, chego para o meu treino em 3 minutos!!!

Mas o que a Contours tem de diferente?!

Primeiro que ela é uma academia para mulheres, onde só trabalham mulheres.

Eu achei isso muito bacana, pois além de valorizar a mulher como profissional, muitas mulheres ainda tem aquela vergonha de malhar em uma academia comum.

Outra coisa que eu adorei é que ela é uma academia voltada a mulher moderna, que muitas vezes não tem tempo de se exercitar, vive uma vida super corrida, mas quer incluir na sua rotina a atividade física.

Ter uma rotina de exercícios é mais do que estética, é uma questão de saúde!!

O sistema deles é de circuito funcional e dura apenas 30 minutos. Sim…30 minutos para um treino completo!!

Toda semana o circuito muda e eu achei isso demais. Em um treino comum de musculação por exemplo, eu demorava no mínimo 1 mês para trocar os exercícios!

Na Contours ao invés de contarmos as repetições em cada aparelho, trabalhamos por tempo.

O exercício em cada estação dura 55 segundos. É aí que vem uma voz dizendo “mude de estação”, e você começa um novo exercício.

Eu amei esse método, pois fico muito mais focada. Como é um circuito e todo mundo segue a mesma ordem de estações, não dá pra bobear sabe?

Para vocês terem uma noção: eu nem uso o celular enquanto estou na Contours, porque nem dá tempo de ficar olhando nada.

Com isso pude perceber o quanto de tempo eu já perdi em musculação, só de ficar conferindo o feed do Instagram. Sério…façam esse teste!!

Outra coisa bacana, é que por ser um circuito você consegue manter uma boa frequência cardíaca. Cada um faz no seu ritmo, mas não tem nenhum tempo de descanso sabe?!

O treino consiste em 2 voltas no circuito, e como disse no começo do post, os exercícios mudam toda semana e também podem ser voltados ao seu interesse pessoal.

Elas misturam aparelhos com estações livres, e os treinos são uma mistura de exercícios aeróbicos e também de força.

Na unidade que faço, que fica na Vila Leopoldina, também tem aulas como jump, gap e etc, mas eu tenho feito apenas o circuito e estou amando!

Estou adorando voltar a malhar, e o que mais senti diferença foi na minha disposição. Eu estava há muito tempo parada, e a primeira semana foi a mais difícil, pois eu não tinha fôlego.

Voltar a praticar exercícios físicos melhorou muito o meu sono, e também a minha disposição durante o dia. É impressionante os benefícios que uma rotina saudável causam na nossa vida!

Ahh e como sei que vocês vão querer saber o valor da mensalidade, custa em média R$230/mês no plano anual. :)

E aí…vocês já conheciam a Contours?! Querem mais posts com esse tema?! :D

Beijos

Analisando Cabelos Antigos

Eu sempre fui o tipo de pessoa que ama mudar a cor e o corte do cabelo. Sempre encarei como uma diversão, um acessório e nunca fui muito apegada sabe?

Acho que pelo fato do meu cabelo crescer muito rápido, sempre encarei essas mudanças de maneira natural.

Minha mãe também sempre foi assim com o cabelo dela, então acho que acabou sendo a minha referência capilar.

Resolvi buscar no fundo do baú algumas fotos para analisar, junto com vocês os meus cabelos antigos!!

Comecei a pintar o meu cabelo de vermelho lá em 2004. Sempre quis ser ruiva (amava a Geri das Spice Girls), e aos meus 16 anos minha mãe pintou meu cabelo de vermelho.

Na época eu usava coloração de farmácia mesmo, e usava a cor Cereja da Koleston. Eu amava esse cabelo e fiquei com essa cor até o começo da faculdade em 2006.

Meu sonho mesmo era ter o cabelo vermelho neon, igual ao da Mari Moon no auge do Fotolog.

Depois de muito insistir e levar referências ao cabeleireiro, minha mãe topou realizar essa mudança no meu cabelo. Foi a cor que mais deu trabalho na minha vida!

Descolori meu cabelo inteiro, ele ficou quase branco, e aí aplicado uma coloração vermelha. Ficou exatamente do jeito que eu sempre sonhei.

É claro que eu não teria novamente essa cor de cabelo, mas naquela época era o meu sonho e fiquei muito feliz quando conseguir ter.

Esse tom desbotava muito e eu não sabia como cuidar, afinal, depois de ter descolorido o cabelo inteiro eu precisava de cuidados redobrados, né?!

Nessa primeira foto meu cabelo está super desbotado e danificado. Resolvi parar e pintei de castanho escuro.

Uns meses depois fui lá e apliquei a mesma coloração que havia aplicado no cabelo descolorido, e o resultado foi o da foto anterior.

Amava esse vermelho sangue.

Em 2007 resolvi parar de pintar o cabelo e voltei a minha cor natural. Fiquei morena durante algum tempo e nessa época meu cabelo ficou mara!!

Ele era bem longo, com ondas no comprimento e bem encorpado. Amava!

Mas aquela vontade de pintar o cabelo sempre aparece, e eu resolvi que queria ser loira.

Eu queria ser loira de uma vez só, mas o Edu – meu cabeleireiro atual, disse que iria danificar demais e sugeriu que fizéssemos aos poucos.

Começamos com mechas mas não fiquei nem 2 meses com esse tom, porque não me acostumei. Tentei gostar mas não rolou…

Voltei para minha cor natural, mas dessa vez resolvi fazer uma franja…ai ai ai. Pra quê, né?! Hahaha!

Eu acho lindo, já insisti algumas vezes na franja mas em mim realmente não rola. Temos que errar algumas vezes pra ver que não dá, né?! Hahaha!

Ahhhh, mas aquela vontade de ser loira não vai embora com facilidade. Hahaha!

Dessa vez pedi para o Edu fazer um ombré bem leve, só para iluminar mesmo. Esse foi um dos cabelos que eu mais gostei de ter, e não me dava trabalho nenhum!!!

Com o tempo eu fui clareando ainda mais as pontas.

Resolvi cortar no estilo long bob, e ainda carregar bem nas mechas das pontas.

Eu gostei bastante desse cabelo, mas hoje usaria com o ombré menos marcado. Faria algo mais sutil, sabe?

10 anos depois, em 2014, voltei para o ruivo mas dessa vez para um tom mais natural.

O ruivo você vai ajustando com o tempo, vai conhecendo seu cabelo, conhecendo o tom que você gosta até chegar no que você acha ideal.

Sempre me perguntam a cor que eu passo, mas entendam: o que funciona pra mim pode ser diferente pra você.

Talvez para ter o mesmo tom que eu, você precise usar uma mistura diferente. Na dúvida? Escolha um bom cabeleireiro e confie no trabalho dele.

Também tenha paciência, pois as vezes não fica do jeito que você quer logo na primeira vez.

Quando voltei para o ruivo o Edu fez um tom mais fechado, e fomos abrindo até encontrar o que eu queria. Demorou um tempão!

Só que eu queria um ruivo super laranja, e fomos abrindo até chegar nesse tom. Olhando as fotos hoje é o ruivo que eu menos gosto, e não voltaria a tê-lo.

Além disso, meu cabelo nessa época estava super detonado e nada saudável. O maior problema dessa cor é que, além de não combinar comigo, desbotava MUITO fácil.

Em 15 dias eu estava loira, sabe?

Depois de muito tempo comecei a pedir pro Edu deixar o meu cabelo um pouco mais vermelho, e foi a melhor coisa!

Dessa forma a cor dura muito mais, eu consigo ter um intervalo maior entre os retoques e o meu cabelo voltou a ser saudável.

Esse corte eu fiz ano passado e gostei bastante. Quem sabe eu volte!! ;)

Olha como meu cabelo fica desbotado!!

Acho essa cor linda e eu demoro uns 35 dias para precisar retocar. Eu acabo retocando mais pela raiz, que fica enorme, do que pela cor em si.

Essa foto foi logo após o último retoque!!

Estou deixando o meu cabelo crescer, quero que ele fique super longo como era em 2007. Vamos ver se eu vou aguentar, né?! Hahaha

Gostaram das minhas mudanças capilares?!!?

Beijosss

, , , ,
4

Maquia e Fala: Viagem!!

Oba, mais um maquia e fala no canal pra vocês!! <3

O legal desse tipo de vídeo é que me sinto super a vontade para contar algumas novidades, enquanto estou me maquiando.

A ideia não é um tutorial de maquiagem, mas eu sempre acabo dando algumas dicas!

O tema do vídeo foi viagem, eu falei um pouquinho de como foi essa semana, e também sobre a ideia de montar um grupo de viagem com leitoras aqui do blog.

Essa ideia surgiu a partir de vocês que me acompanham, e eu já estou pesquisando formas de viabilizar isso. Tem que ser perfeito para todo mundo, né?!

É claro que isso é um plano para o ano que vem, mas já estou me informando a respeito de tudo para ver se rola ou não. Vamos torcer para que sim, né?!

Espero que tenham curtido o vídeo!!

Beijos

, , ,
3

Comprinhas de Miami!

É claro que não poderia faltar um vídeo de comprinhas da viagem, né?! Sei que é o vídeo que vocês mais esperam depois que eu volto.

Muita gente me pergunta quanto levar de dinheiro em viagem, e a minha dica é: faça uma lista de compras!!!!

A quantidade de dinheiro é relativa, pois cada um tem uma lista de compras em mente, mas quando você coloca no papel junto com o preço de cada coisa, dá para ter uma noção melhor do quanto levar.

Na minha lista dessa vez tinha: Sutiã da Wacoal, tênis da Vans, Oreo, temperos Mr Dash, base Fenty Beauty e artigos de papelaria.

Em cima disso consegui ter uma boa noção de quanto eu gastaria em compras. O restante do dinheiro foi para alimentação, passeios, táxi e gorjetas!

Ahh…eu calculei U$60/dia para alimentação, tá!? :D

O vídeo ficou enorme pois resolvi mostrar tudo de uma vez, ao invés de dividir por categorias. Melhor, né?!

Espero que tenham curtido!!!

Beijos