Diário da Dieta: Eu e o Meu Peso

diario-da-dieta-claudinha-stoco

Não é de hoje que eu tenho problemas com a balança, quem me acompanha há bastante tempo sabe muito bem disso.

Nunca fui magrinha, sempre estive um pouco acima do peso, e isso (desde que me entendo por gente) é algo que me incomoda e que me tira o sono.

Falando assim pode até parecer exagero ou algum drama, mas eu nunca me senti feliz com meu corpo e sempre me coloquei pra baixo com pensamentos do tipo: “Nossa que barriga uó”.

Nem quando emagreci 12kg consegui enxergar um corpo bonito em mim. Nunca me olhei no espelho e pensei: “Que corpo mara!!’.

Isso está errado? Com certeza, mas EU acredito que se não estamos felizes com algo devemos mudar.

Não estou dizendo que não me amava, ou que não me achava bonita, mas que sempre olhei para o meu corpo como algo que não era bom o suficiente. Entendem?!

Estou aqui abrindo meu coração. Hahaha! <3

Desde que comecei a me dedicar a atividades físicas e a reeducação alimentar a minha vida mudou bastante. Consegui emagrecer, aprendi a gostar de esporte e também aprendi a me alimentar de uma maneira melhor.

Me preocupei mais com os alimentos que consumo e isso fez toda a diferença, pois é algo que levarei comigo a minha vida inteira e virou um hábito. Quando eu era criança não havia toda essa preocupação que temos hoje, não com o corpo em si, mas com o que consumimos no nosso dia a dia.

Acontece que 2015 foi o ano que eu deixei isso totalmente de lado. Deixei de lado a atividade física e abri inúmeras exceções para os exageros gastronômicos e o resultado disso foram 10kg a mais na balança.

look-mercatto-claudinha-stoco-3

Claro que eu demorei e muito para perceber tudo isso, as roupas começaram a ficar apertadas com o tempo e na minha última avaliação na academia o resultado foi tenebroso.

O que eu mais senti com tudo isso foi frustração, já que só eu sei o quanto demorei e sofri para emagrecer nos últimos anos. Pra mim isso nunca foi fácil.

Me senti triste comigo mesma, sabe? Sempre fui tão dedicada, sempre malhei tão certinho que por um belo descuido acabei deixando tudo isso de lado.

O que mais pesa pra mim é a minha cobrança pessoal e a cobrança de quem me acompanha. Há 7 anos eu abro a minha vida diariamente na internet, e lógico que vocês são muito próximas a mim e consequentemente têm curiosidade, e eu não vejo problema nenhum nisso.

O que me deixa pra baixo é lidar com a minha cobrança pessoal com os comentários maldosos que recebo.. Sou uma pessoa comum e com certeza isso me deixa chateada.

Desde o final do ano passado isso tem martelado na minha cabeça e eu tenho buscado novos meios de eliminar tudo isso que ganhei, como falei lá no começo do post, acho que se não estamos satisfeitos com algo temos total direito de mudar.

Tenho feito mais atividade física e me policiado melhor na minha alimentação, mas ainda acho que não é o suficiente, por isso na semana passada resolvi procurar ajuda!

Minha amiga Gabi é nutricionista no Espaço Terapêutico Paulo Buosi, e sempre me falou muito bem de como o método deles funcionava.

Eles não são uma clínica de emagrecimento, e sim um espaço onde se trata o corpo e a mente visando o emagrecimento. Por isso resolvi ir me consultar e entrar no programa de emagrecimento.

Sem dúvidas é algo totalmente diferente do que já fiz, e por isso quero muito compartilhar com vocês. Como vou ter acompanhamento semanal, pensei em contar sempre na sexta-feira como passei a semana.

Comecei esse programa na última sexta-feira e quem me acompanha no Instagram e Snapchat (ambos são ClaudinhaStoco) já me viu falando do assunto!

Sei que errei muito comigo mesma e esse é o preço que paguei por ter deixado de lado tudo que aprendi nos últimos anos. Emagrecer é uma conta matemática, se consumimos mais do que gastamos com certeza a conta não fechará!

Espero que vocês não me achem “chatinha” por estar compartilhando tudo isso novamente, mas colocar isso pra fora serve de incentivo pra mim.

Não é sempre que consigo colocar meus sentimentos assim pra fora, mas o blog é um espaço que me sinto a vontade pra isso.

Sempre li tantas histórias incríveis em posts com esse tema aqui no blog, e do mesmo modo que vocês se inspiraram em mim, eu também me inspiro em vocês.

Na próxima sexta eu conto mais sobre a minha dieta e também sobre o método usado no Espaço Terapêutico Paulo Buosi. Combinado!?

Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Clauuuuuuuuuuuu, estava esperando ansiosa seu post no blog falando sobre isso, desde que vi você falando no snap sobre o programa de emagrecimento que está fazendo.
    Sempre passei por este problema também e estou na luta para perder os 10 quilos que ganhei ano passado, mas te garanto: somos fortes e vamos conseguir!! hahaha
    Você é linda <3 Uma pessoa iluminada!!
    O que importa mesmo é nós sentirmos bem com nós mesmas não é mesmo?

    Beijão Clau!

    [Responder]

  2. Oi Claudinhaa!!! Te acompanho há um baita tempo e não sou de comentar muito, mas fico feliz que você voltou com a reeducação! Muita força e foco pra você. Você consegue! Um beijo de uma velha leitora!

    [Responder]

  3. Parabéns pelo post! Parabéns pela atitude!! A vida é isso aí!! Feita de altos e baixo!! O importante é sempre correr atrás do que queremos!! bjs e Força!

    [Responder]

  4. Claaudinha! Te acompanho há anos, não sou de comentar mas esse tipo de post acho tão bom… Serve de incentivo para muitas meninas! Eu faço a faculdade de nutrição porque sou apaixonada por alimentação, alimentação saudável é tudo de bom nessa vida! Segue firme e forte! Com a tua dedicação tu vai recuperar esse tempo. Beijão e adoro teu blog e teu canal no youtube.

    [Responder]

  5. Oii, eu sempre acompanho seu blog, particularmente acho você um diva e adoro seus posts, mas realmente devemos nos sentir bem com nós mesmas, então, vai com tudo!!! Mas você é linda mesmo assim!
    Um beijo, Bárbara.

    [Responder]

  6. Claudinha tenho certeza que você irá conseguir… ficarei na torcida!!! Acompanho seu blog a anos e te acho uma pessoa super alto astral!!! Bjossss

    [Responder]

  7. Claudinha Parabéns…pela honestidade consigo mesma,pela força de vontade em recomeçar mas principalmente pela humildade em buscar auxílio.Infelizmente também relaxei um pouco no fim do ano e reencontrei 6 kg q havia perdido.Confesso q descontei um pouco da minha instabilidade emocional na alimentação mas já estou correndo atrás do prejuízo…Bjos e sucesso

    [Responder]

  8. Claudinha primeiro quero te dizer que sou a sua fã e te acho linda <3
    Me identifiquei demais com a sua história principalmente com a parte "demorei e muito para perceber tudo isso", pq eu tb demorei demais pra cair a ficha em 2007 está com 57Kg e em 2014 96kg como assim ? Agora estou na luta e eliminei alguns kilinhos.
    Te desejo tudo de bom e que seus objetivos sejam alcançados.

    [Responder]

  9. Oi Claudinha, Tudo bem ?
    Ainda bem que você comentou isso, eu estou passando pela mesma situação a alguns anos atrás emagreci 22 quilos e não foi nada fácil, mas o problema maior foi que cuidei do corpo e esqueci da mente, esse processo de emagrecimento precisa de preparação mental também, lembrar que se não se alimentar corretamente os quilos irão voltar e o processo todo vai por água abaixo, e foi isso que aconteceu comigo nos últimos dois anos engordei 10 quilos “sem perceber” e agora estou correndo atrás do prejuízo, como a grana está curta faço exercícios em caso e estou começando a correr… agora é só seguir firme na nova rotina saudável e aguardar os resultados.. FOCO, FORÇA E Kg a menos pra nós.
    Beijos !!

    [Responder]

  10. Clau, parabéns pela coragem de compartilhar tua história, e principalmente teus sentimentos em relação a isso.
    Acho um absurdo quem faz comentários maldosos sobre a aparência ou peso da blogueira que acompanha, porque parece que não entendem que existe uma pessoa de verdade ali atrás lendo tudo, uma pessoa com inseguranças, problemas e sentimentos. Por isso, admiro muito essa tua atitude, e te desejo só sucesso nesse novo espaço.
    Super beijo!!

    [Responder]

  11. Oi Clau,

    A vida é feita de altos e baixos mesmo. Ano passado estava muito cansada do trabalho e tudo mais e mesmo malhando direitinho descontei na comida. Tinha aquela sensação de “vou me permitir um brigadeiro pq trabalhei muito hoje”. Resultado? Ganhei 5 kgs em seis meses.

    Fui na minha nutricionista e também estou com uma dieta super restritiva. Acho que o seu problema (que é IGUAL AO MEU) é gostar de comer e de coisas gordinhas. Não consigo abrir mão do meu vinho no sábado com o meu marido e muitas vezes sofro em saber que não vou poder comer coisas gostosas. Acho que trabalhar o psicológico ajude bastante nessa hora… eu deveria fazer o mesmo.

    Um beijo e boa sorte na nova etapa.

    [Responder]

  12. Você consegue, Clau. Sei o quanto é difícil perder peso e acompanho seu blog faz um tempinho. Estarei torcendo por você e acompanhando tudo. Beijos.

    [Responder]

  13. Claudinha… Te admiro mais ainda depois desse post! Vc é muito corajosa, muitas meninas passam por isso e tenho certeza q serão muito ajudadas e incentivadas por vc!
    Pode nos contar tudooo… Não será nada chataaa… Pelo contrário! Já estou ansiosa pelos próximos posts…
    Boa sorte!!!

    Beijinhooosss

    [Responder]

  14. Oi Claudinha, não sou de comentar muito por aqui, aliás, acho que NUNCA comentei em seu blog!! Hahahaha
    Te acompanho há um bom tempo já, e sempre me simpatizei muito contigo e com a tua sinceridade, principalmente depois que você começou o seu projeto “fit”, fiquei muito feliz porque assim como você eu também precisava eliminar uns “quilinhos extra” e me inspirando em você e no sou foco perdi 25kg!
    Más como nem tudo são flores, acabei relaxando um pouco (assim como vc hehehe) e ganhei 12kg dos 25 perdidos, estava muito chateada e me sentindo muito mal por isso, na bad mesmo, mas decidi mudar pela minha saúde mental e física.
    Já consegui eliminar 4kg dos 12kg “reconquistados”, e assim como o seu foco e a sua determinação me ajudaram um dia, resolvi te escrever pra te apoiar e dizer que sim é possível, que estou te acompanhando de pertinho e que NÓS vamos conseguir perder esses quilos a mais e NUNCA mais vamos encontrar! Hahahaha
    Muita sorte e foco para nós Clau!!! :*

    [Responder]

  15. Oi Claudinha, sei que tudo isso é bem difícil, também sempre lutei contra a balança, mas o auge de tudo foi ter engordado mais de 30 kg na gravidez. Meu filho nasceu e eu nem sequer me esforçava pra perder esse pedo todo, até que resolvi procurar um endocrino quando ele já estava com 2 anos, e ele me encaminhou para um cirurgião pra fazer a cirurgia bariátrica. Nossa, na época fiquei super feliz, achei que todos meus problemas iriam finalmente acabar. Mas daí meu marido trocou de empresa, e mudou de plano de saúde, e meus planos foram por água abaixo, teria que esperar carência, procurar outra equipe médica, enfim, começar do zero. Fiquei com tanta raiva, que, pra provar pra todo mundo que eu não conseguiria emagrecer sem a cirurgia, resolvi começar uma reeducação alimentar, por conta mesmo, sem médico, sem nutricionista. Comprei uma bicicleta ergométrica e pedalava quase todo os dias, ou então caminhava na rua. Em um ano emagreci 30 kg. Agora, criei coragem e comecei academia, malho um hora de segunda a quinta no meu intervalo de almoço. Nunca acreditei que sozinha, sem apoio de nenhum profissional, isso seria possível. Hoje vejo que depende de mim, única e exclusivamente. Vai com fé que você consegue. Abraços!

    [Responder]

  16. Jamais se sinta mal por dividir isso com a gente, isso só te torna mais humana. Não é vergonha nenhuma engordar e perder o foco, vergonha é não se sentir bem e não querer mudar o q não é seu caso. Compartilhe msm com a gente, pelo menos eu to aki pra te incentivar e te ver bem. Força Claudinha

    [Responder]

  17. Parabéns pela coragem de compartilhar uma história tão pessoal como essa sua. Muitas vezes pensamos que quem está a frente de um blog de beleza, moda, etc, não pode estar ser humana e cometer deslizes, no final tudo é aprendizado.

    Eu fiz isso em 2015, também me larguei e pulei do 40/42 para o 46/48. A meta para esse ano e para vida é voltar ao 42.

    Bjs.

    [Responder]

  18. Claudinha, gosto muito do teu trabalho, acho que vc tem um olhar muito bom sobre a moda no geral. Porém, descobri teu blog no início da tua reeducação alimentar, e como eu estava em busca de uma vida mais saudável também, passei a te acompanhar, porque sempre gostei da forma como vc se expôs e foi franca com relação ao teu peso, as dificuldades, enfim… Parabéns, vc é muito determinada!

    [Responder]

  19. Oi Claudinha!
    Acompanho vc a tanto tempo que já me sinto próxima para falar um pouquinho sobre isso. Vc já passou por um processo longo de mudança de hábitos alimentares no seu primeiro processo de emagrecimento e teve um maravilhoso resultado. A fase que vc viveu onde recuperou uma parte do peso, foi uma fase que tinha de ser vivida. Vc curtiu tanto, aproveitou tanto. que se deixou descuidar um pouco e os resultados acabaram aparecendo. Sei que se olhar no espelho e não gostar do que vê é muito ruim, é desmotivante, é desanimador e nosso auto estima vai lá embaixo. Mais como sua leitora e admiradora, eu te digo, toda vez que olhar no espelho e se desmotivar, se lembre do quanto vc é linda, forte e segura. De todos os resultados maravilhosos que já teve e de todos que com certeza terá com essa nova mudança, pq vc é capaz, vc é muito capaz!
    Toda sorte do mundo nessa nova fase!!!!

    [Responder]

  20. Clau, que coragem em dividir tudo isso!!!
    Eu acho muito legítimo a gente fazer o que acha melhor pra se sentir bem… Se você não está feliz com seu corpo atual, corre atrás… tenho certeza que você conseguirá alcançar seu objetivo!

    UÓ é alguém virar pra você, ou qualquer outra blogueira, “nossa, como você engordou!”… Gente, sério… todo mundo tem espelho em casa, cada um sabe de si! Poxa, será que essa mesma pessoa diria isso pra outra mulher na rua? DUVIDO!

    Clau, eu emagreci 12kg fazendo exercícios em casa e mudando minha alimentação sozinha… Fazia zumba no PS3 e caminhava quando estava mais animada. Troquei chocolates, enlatados e etc. por frutas, legumes…. Nunca fui super restritiva, me dava o direito de comer coisas que eu gosto. Mas em 6 meses alcancei o meu objetivo. Isso foi em 2013, hoje continuo me policiando e nunca mais voltei a ganhar a peso.

    Seja feliz! Se ame acima de tudo!
    Sucesso!
    Beijos!

    PS: nada a ver com o post… mas aaaamo essa sua saia azul e branca! Na época em que você postou essa foto, até salvei como inspiração… Pena que não achei a saia pra comprar! rs

    [Responder]

  21. Olá Claudinha!Tudo bem? Acompanho a pouco tempo seu blog,mas não sou de comentar no seus posts.Hoje resolve comentar sobre essa tema que e a dieta. Desde de criança sofro com esse efeito sanfona, e hoje me encontro acima do meu peso. Minha mãe sempre pega no pé,mas para mim hoje está sendo muito difícil eliminar essa quantidade de peso a mais do meu corpo. Essa situação na minha opinião faz com que a nossa autoestima fique baixa e essa cobrança das pessoas da nossa família é muito ruim. Hoje tive o privilégio de ver esse post que você fez para dar mais um incentivo para eliminar esse peso indesejável da minha vida. Espero que você continue sempre fazendo post sobre saúde e que possa atingir o seu objetivo para a eliminação desse peso indesejável. E espero que eu consiga também esse objetivo!!! Grande abraço. Beijos

    [Responder]

  22. Claudinha! Força que chegamos lá.
    Sempre acompanho seu blog e hoje quis comentar por me identificar muito com este “problema”.
    Essa caminhada é difícil, cheia de obstáculos, mas sabemos que no final vale a pena.
    Continue postando sobre sua nova rotina e dieta =]
    Beijos!

    [Responder]

  23. Oi…conheci seu blog quando procurava videos sobre emagrecimento…me inspirei em vc pra começar quando contou sua historia e disse que saiu da loja em que nada servia e foi pra academia…sempre lembro disso quando preciso de um incentivo. A melhor motivação será vc mesma…se conseguiu uma vez conseguira novamente!!! Estou ansiosa pelos posts!!

    [Responder]

  24. Oi Claudinha, nossa esse seu relato parece quase uma narrativa minha. Te acompanho há alguns anos e me identifiquei muito e muito com o seu relato. Estou passando pelo mesmo processo, acompanhamento médico e agora preciso tratar também um problema de saúde que apareceu nos exames. Vou continuar muito te acompanhando e te dar força e apoio juntos nessa fase de, digamos de remodelarão de saúde! Bjus é boa sorte e força na peruca!!

    [Responder]

  25. Olá Claudinha e meninas,

    Estou nesse mesmo quadro que você se encontrava, podem eu não consigo tirar motivação de nenhum lugar, antes de dormir eu penso em mudar e tudo, mas no dia seguinte esqueço tudo. Parabenizo vocês que conseguiram como a Claudinha conseguiu. Gostaria TB de ter essa coragem e foco.

    [Responder]

  26. Te entendo completamente. Estou passando pela mesma situação – sempre briguei com a balança, desde criança. Resolvi treinar e me alimentar direito, blablabla, treinava todo santo dia, tinha quem dizia q eu era neurótica rs… mas consegui o corpo que sempre sonhei (por mais que na época eu ainda achava que não estava bom! Hj vejo fotos e dou até risada – pra não chorar). A minha preocupação era TANTA que abandonei minha carreira e fui fazer faculdade de nutrição, pra aumentar os ganhos na academia e ter *controle total* sobre meu corpo através da alimentação #atéparece #soooonha
    Logo após começar a facul minha vida deu uma reviravolta na questão familiar, de stress, de relacionamento, etc… quando me dei conta, eu tinha parado de treinar e estava me alimentando muito mal. Resultado? Me formei mês passado em Nutrição pesando 20 kgs a mais.
    É frustrante. Ainda mais qdo falo que sou nutricionista e a pessoa nem se preocupa em disfarçar a olhada que me dá dos pés à cabeça, com ar de desaprovação.
    Este ano vou direto pra pós graduação, minha vida vai voltar um pouco ao normal, e estou pra voltar a treinar (tentei voltar várias vezes, mas levantar “pesinho” depois de um bom período de marombeira é brochante… eu sempre acabei desistindo). Tb estou me alimentando melhor.
    É duro escalar uma montanha, cair e ter que escalar de novo…. pq já sabemos o qto a escalada é difícil. E se manter no topo da montanha tb não é fácil. Trabalhar a disciplina, o prazer pela atividade física, o prazer pelos alimentos adequados, é tenso mas é o que resolve.
    Boa sorte pra gente!! E obrigada por compartilhar! <3
    http://batomnabolsa.hol.es

    [Responder]

  27. Claudinha, super te entendo e olha que sou magrinha! Mas sou magra hoje. Já fui gordinha e era muito infeliz. Não era questão de bullying, nem opressão da mídia, nem inveja de outras meninas, eu só não me sentia a vontade e nem confiante com meu corpo. Quando mudei a alimentação pela saúde e emagreci a confiança surgiu e me tornei outra pessoa. Me sinto feliz mantendo hábitos que me garantem o corpo que eu gosto e tô nem aí se tem algum amigo que tira sarro da minha salada. Tem muita gente que se aceita com o seu corpo, mas eu não me aceitava e eu mudei. Se tu não tá feliz tem que ir atrás mesmo. Nada de ficar achando que o contentamento vai surgir. Além do mais, se isso significa mais saúde, melhor ainda! boa sorte nessa jornada de novo! :)

    [Responder]

  28. VOCÊ É SENSACIONAL, Claudinha! Sério!

    Acompanho você há muitos anos, acho que desde o início (ou quase) e vi todo o seu processo de mudança. Isso me alertou quanto à minha saúde também! Nunca fui obesa, mas aprendi a me alimentar, ou melhor, me nutrir ao acompanhar sua saga. Ainda hoje, estou tentando me reeducar, pois minha alimentação melhorou 80%, mas ver que você vai continuar/recomeçar é incrível. Me motiva e me inspira ver o quão determinada você está. Sei o quanto o blog te afeta, ou ao menos imagino, mas não estou aqui falando de beleza ou esteriótipo imposto nesse mundo “beauty” e, sim sobre SAÚDE. LINDO você se abrir dessa forma, a sinceridade e o principal: a coragem!

    Te desejo a maior força pela sua saúde e pela minha também, já que estou seguindo seus “passos” rs.

    PARABÉNS!!!!!!!!!

    [Responder]

  29. Claudinha, me emocionei com seu depoimento. Sempre visito seu blog, porém nunca comentei em nenhum post. Ao ler esse, me deu vontade de te contar a minha história. Ao contrário do que você contou, eu sempre fui magra. Meu biotipo fisico é, digamos, normal. De uns tempos pra cá, tenho sentido tanta pressão externa e, PRINCIPALMENTE, interna de ter que melhorar a aprência, que pirei. Fiz ballet muitos anos e agora pratico muscução há mais ou menos 7 anos. Meus treinos são fortes, exigem muito de mim… e de uns 2 anos pra cá, mudei completamente meu corpo. Ganhei pernas torneadas, barriga bonitinha e bumbum durinho. Mas isso não estava bom, eu queria mais. Nunca passou na minha cabeça usar de hormonios artificiais para conseguir o “corpo dos sonhos”, mesmo com a minha piração total.

    Hoje, estou no processo de aceitação. Me amar como sou, me aceitar como Deus me quis. Isso envolve muito o processo espiritual, sabia? Vou orar por você, tenho certeza de que Deus vai te dar aquela forcinha a mais! Um beijo!!!

    [Responder]

  30. Auto cobrança é sempre algo delicado, pois temos o poder de acabar nos colocando para baixo mesmo sem querer, da mesma forma que se formos muito displicentes as as coisas desandam.
    Eu acompanho o blog e o canal há uns bons anos e uma coisa que todas aprendemos sobre a Clau é que quando ela quer, ela consegue! \o/
    Clau não se cobre tanto, eu sei que incomoda, mas você é linda, maravilhosa, musa inspiradora, e a sua personalidade é que mais faz você brilhar! Linda!
    Muito sucesso!

    [Responder]

  31. Claudinha me identifiquei super com o seu desabafo, vivo no efeito sanfona e é uma decepção enorme para mim não ter controle sobre me próprio corpo….
    Vc sabe se esse Espaço atende pela Unimed??Obrigada

    [Responder]

  32. Claudinha, eu engordei 8 quilos em 2014 e consegui emagrecer no final de 2015. É sofrido, não tem jeito. Mas no meu caso a atividade física fez toda a diferença. Ela me motivava e me deixava feliz..espero que vc consiga. E, não dê bola para os maldosos. É gente que não tem o que fazer.

    [Responder]

  33. Olá Claudinha,
    Eu não poderia ler esse post e não comentar. Acompanho o seu blog há anos e sem dúvida alguma você foi uma grande incentivadora na mudança que ocorreu na minha vida.
    Sempre fui gordinha e depois que sair da casa dos meus pais e ir morar sozinha as coisas só pioraram, aos 23 anos eu estava pesando 85 quilos. Era muito peso e o pior, eu me olhava no espelho e não me achava gorda.Eu sempre fui muito vaidosa, porém, eu comecei a ir as lojas e não podia vestir o que queria, as roupas passaram a me escolher.
    Na virada de ano eu decidi mudar, estipulei que iria perder 5 kgs em 2015… no final do ano eu tinha conseguido perder 17 kgs =)
    Como eu disse acima, você me incentivou demais na perda de peso, no início eu via a sua transformação e pensava ” eu também posso conseguir”!
    Da mesma forma que você me ajudou e também ajudou a tantas pessoas, eu não tenho dúvidas que você irá conseguir.
    =)

    [Responder]

  34. Oi Claudinha, te acompanho desde antes do seu processo de emagrecimento anterior, e é um assunto que muito me interessa. Também estou tentando emagrecer os kgs adquiridos com o pé na jaca que foi 2015 , e aguardarei ansiosa novos posts sobre o assunto. Torço muito para seu sucesso! Parabéns pela iniciativa, Bjos

    [Responder]

  35. Oi Claudinha, me identifiquei demais com seu relato. TB Nunca fui feliz com meu corpo. tem dois anos que estou na luta, ja perdi 20 kg, mas daquele jeito: perco 6 e engordo 2..ai volto e continuo… tb faço terapia, apesar de não ser direcionada para emagrecimento ajudou muito
    Parabéns e “devagar também é rápido”

    [Responder]