Adeus chapinha!

Ok, confesso que fiz um post dizendo que eu “ALOCA” não me desgrudava da minha querida chapinha. Pois bem, eis que então estou me abdicando dela. Mas calma, péra lá! Salvo em ocasiões especiais (Tá boa né bunita que eu vô pra balada à la Vanessa da Mata??) rs.

Então, olhando vááários sites de celebs e olhando as it magazines do mundinho fashion o que que a gente vê? Ahn chapinha? Quê? Nãão colega! A gente vê muitos cabelos em movimento, com volume adequado, cortado em camadas com as queridas ondinhas e cachinhos “Bundchen” tão sonhados por quase todas as mulheres.
.
Quem assiste a seriados com um estilo mais “fashion” pode notar que a maioria das meninas desfilam com esse tipo cabelo, quer exemplos? Blake Lively, Whitney Port, Lauren Conrad, Olivia Palermo entre muitas tantas outras que exalam um “glam” a mais sabe?


Bom, você pode fazer esse look de diversas formas, quando eu faço é mais “ao natural” mesmo, mas rola uma ajuda básica do secador.
.
1. Ativador de cachos + escova + enrolar as pontas.

Meio complicadinho né? Mas dá pra fazer! Lave os cabelos normalmente, passe o ativador de cachos (ou mousse) e força na escova, daí voce pode enrolar com os dedos as mechas e prender com grampos na cabeça e depois soltar.
.
.
2. Escova + Baby-liss
Esse é o mais manjado!! Mesmo passo do primeiro, só que ao invés de enrolar com os dedos, você utiliza o baby-liss. Prefira aparelhos mais largos, dão um efeito de cacho natural.
.
.
3. Natural

Esse eu faço de um dia pro outro!

Lavo normalmente e dou uma secada básica, como as minhas pontas estão “uó” eu dou uma modelada com escova+secador nas pontas, depois faço um coquê no alto da cabeça e vou dormir assim. No dia seguinte apenas solto, passo um silicone e penteio com os dedos. Não deixe de secar a franja com secador pois esses fios modelam o rosto e tem que ficar bonitinho né?
.

Esse tipo de tendência me convence cada vez mais a NÃO fazer nenhum tipo de alisamento definitivo, sabe porquê? Permite me reinventar sempre que eu quiser!
.
Foto da musa da versatilidade capilar

Quer ser sexy? Poderosa? Phyna? Invista nas ondas!

Beijos.
10

Eu no Portal do Vírgula!

Gente!
Sexta-feira saiu uma matéria comigo e com a Eliana do Galochas Roxas, sobre os blogs de beleza, tá suuuper bacana! Vale a pena dar uma passadinha lá e conferir a matéria.
Que bom que nós blogueiras da beleza estamos sendo vistas, assim quem sabe as empresas de cosméticos brasileiras começam a nós ouvir, por que vamô combiná que o que a gente anda gastando com cosméticos e influênciando compras não tá no gibi né? Eu pelo menos…kkkk!
Para acessar a matéria é só clicar aqui!
11

Esmalte da semana: Branquinho básico.

Já que todo mundo elogiou minhas unhas, vou mostar aqui a cor que eu usei essa semana. Ah, não reparem, já ta na hora de fazer de novo, eu havia feito na quarta-feira.

Entre os meus 47 esmaltes de coleção, eu finalmente decidir ser discreta e passei um branquinho básico, nada a ver comigo né? rsrsrs.
.
Foram duas camadas do Renda da Risqué e uma do Grace da Colorama por cima. Ficou bem delicado. Eu adoro branco, mas ainda não achei o “Branco Perfeito”, você tem?
.
Beijos.

18

Se entendendo com a chapinha

Já que hoje eu me desembestei a falar da minha crise capilar and estou aqui temerosa com as nuvens cinzas que pairam sobre Santos (e claro que eu esqueci o guarda-chuva – óbvio) lógico, estou preocupada com a durabilidade dos meus cabelos lisos.

Mas enfim, desde que me uni de corpo, alma e fios de cabelo com essa maravilha do mundo moderno, minhas lavagens de cabelo se tornou um ritual: lava, passa creme aqui, creme termico acolá, deixa dar uma secadinha natural, um pouco de secador e foooorça na chapinha, pra finalizar um silicone básico! Aposto que vocês fazem o mesmo. Assim como um amiga, não acho que isso seja tortura, mas já virou hábito sabe? É normal eu reservar um tempo para alisar a juba aqui.

Mas, depois de ter usado tantos tipos de chapinha (inclusive a das amyghas) eu ainda me pergunto: turmalina, íons negativos, íons positivos, cerâmica e wtf mais o que tenha no seu aparelho, REALMENTE você nota a diferença?

Não sou perita no assunto, mas já usei duas chapinhas de cerâmica de duas empresas diferentes e uma ficou bom e a outra deixou meu cabelo pavoroso, além de ser pesada (oi? Arno?)! Eu tive duas, fiéis escudeiras, nem que seja pra dar aquele ajeitada básica na franja, a prancha Aqua e a Yellow, ambas da Britânia e olha: não tenho do que reclamar.
Pode gongar, dizer que não presta, que a Taiff é muito melhor, que a Ga.ma Italy é vida mas eu adoro as minhas da britânia.

A aqua era ÓTIMA, esquenteva super rápido, e segurava a temperatura durante todo o longo processo, no site diz que dispensa o uso do secador, possui 8 saídas de vapor, libera íons que neutralizam a eletricidade estática dos cabelos e fecham as cutículas e as placas de cerâmica deslizam pelos fios. E olha, é verdade, não que eu ussasse no cabelo enxarcado, mas já usei quando ele estava meio úmido. Era ótima! Uma das melhores que já usei e raramente apareciam frizz vio?!Agora a Yellow…ai a yellow, também da Britânia. Minha tia me deu em um surto que eu tive (não vem ao caso agora) ela é mais chic, controla a temperatura pelo indicador luminoso,você regula o quanto achar necessário, também libera íons que controlam a eletricidade dos fios e tudo mais andd a temperatura é de 100°C A 210°C achou ótimo né? Mas não é bem assim, ela aquece rápido, mas a temperatura fica caindo toda hora, um saco ter que esperar voltar, não que ela seja ruim, mas normalmente eu tô com pressa sabe?? Então isso é meio chato.


Olha não acredito muito nesses lances de turmalina e bla bla bla, mas de fato meu cabelo fica bom com essas coisas, eu tenho que ver os resultados né?
Enfim, prefiro as da britânia do que as da Arno, prontofalei!
Vocês usam qual??
Beijos.
29