Analisando Cabelos Antigos

Eu sempre fui o tipo de pessoa que ama mudar a cor e o corte do cabelo. Sempre encarei como uma diversão, um acessório e nunca fui muito apegada sabe?

Acho que pelo fato do meu cabelo crescer muito rápido, sempre encarei essas mudanças de maneira natural.

Minha mãe também sempre foi assim com o cabelo dela, então acho que acabou sendo a minha referência capilar.

Resolvi buscar no fundo do baú algumas fotos para analisar, junto com vocês os meus cabelos antigos!!

Comecei a pintar o meu cabelo de vermelho lá em 2004. Sempre quis ser ruiva (amava a Geri das Spice Girls), e aos meus 16 anos minha mãe pintou meu cabelo de vermelho.

Na época eu usava coloração de farmácia mesmo, e usava a cor Cereja da Koleston. Eu amava esse cabelo e fiquei com essa cor até o começo da faculdade em 2006.

Meu sonho mesmo era ter o cabelo vermelho neon, igual ao da Mari Moon no auge do Fotolog.

Depois de muito insistir e levar referências ao cabeleireiro, minha mãe topou realizar essa mudança no meu cabelo. Foi a cor que mais deu trabalho na minha vida!

Descolori meu cabelo inteiro, ele ficou quase branco, e aí aplicado uma coloração vermelha. Ficou exatamente do jeito que eu sempre sonhei.

É claro que eu não teria novamente essa cor de cabelo, mas naquela época era o meu sonho e fiquei muito feliz quando conseguir ter.

Esse tom desbotava muito e eu não sabia como cuidar, afinal, depois de ter descolorido o cabelo inteiro eu precisava de cuidados redobrados, né?!

Nessa primeira foto meu cabelo está super desbotado e danificado. Resolvi parar e pintei de castanho escuro.

Uns meses depois fui lá e apliquei a mesma coloração que havia aplicado no cabelo descolorido, e o resultado foi o da foto anterior.

Amava esse vermelho sangue.

Em 2007 resolvi parar de pintar o cabelo e voltei a minha cor natural. Fiquei morena durante algum tempo e nessa época meu cabelo ficou mara!!

Ele era bem longo, com ondas no comprimento e bem encorpado. Amava!

Mas aquela vontade de pintar o cabelo sempre aparece, e eu resolvi que queria ser loira.

Eu queria ser loira de uma vez só, mas o Edu – meu cabeleireiro atual, disse que iria danificar demais e sugeriu que fizéssemos aos poucos.

Começamos com mechas mas não fiquei nem 2 meses com esse tom, porque não me acostumei. Tentei gostar mas não rolou…

Voltei para minha cor natural, mas dessa vez resolvi fazer uma franja…ai ai ai. Pra quê, né?! Hahaha!

Eu acho lindo, já insisti algumas vezes na franja mas em mim realmente não rola. Temos que errar algumas vezes pra ver que não dá, né?! Hahaha!

Ahhhh, mas aquela vontade de ser loira não vai embora com facilidade. Hahaha!

Dessa vez pedi para o Edu fazer um ombré bem leve, só para iluminar mesmo. Esse foi um dos cabelos que eu mais gostei de ter, e não me dava trabalho nenhum!!!

Com o tempo eu fui clareando ainda mais as pontas.

Resolvi cortar no estilo long bob, e ainda carregar bem nas mechas das pontas.

Eu gostei bastante desse cabelo, mas hoje usaria com o ombré menos marcado. Faria algo mais sutil, sabe?

10 anos depois, em 2014, voltei para o ruivo mas dessa vez para um tom mais natural.

O ruivo você vai ajustando com o tempo, vai conhecendo seu cabelo, conhecendo o tom que você gosta até chegar no que você acha ideal.

Sempre me perguntam a cor que eu passo, mas entendam: o que funciona pra mim pode ser diferente pra você.

Talvez para ter o mesmo tom que eu, você precise usar uma mistura diferente. Na dúvida? Escolha um bom cabeleireiro e confie no trabalho dele.

Também tenha paciência, pois as vezes não fica do jeito que você quer logo na primeira vez.

Quando voltei para o ruivo o Edu fez um tom mais fechado, e fomos abrindo até encontrar o que eu queria. Demorou um tempão!

Só que eu queria um ruivo super laranja, e fomos abrindo até chegar nesse tom. Olhando as fotos hoje é o ruivo que eu menos gosto, e não voltaria a tê-lo.

Além disso, meu cabelo nessa época estava super detonado e nada saudável. O maior problema dessa cor é que, além de não combinar comigo, desbotava MUITO fácil.

Em 15 dias eu estava loira, sabe?

Depois de muito tempo comecei a pedir pro Edu deixar o meu cabelo um pouco mais vermelho, e foi a melhor coisa!

Dessa forma a cor dura muito mais, eu consigo ter um intervalo maior entre os retoques e o meu cabelo voltou a ser saudável.

Esse corte eu fiz ano passado e gostei bastante. Quem sabe eu volte!! ;)

Olha como meu cabelo fica desbotado!!

Acho essa cor linda e eu demoro uns 35 dias para precisar retocar. Eu acabo retocando mais pela raiz, que fica enorme, do que pela cor em si.

Essa foto foi logo após o último retoque!!

Estou deixando o meu cabelo crescer, quero que ele fique super longo como era em 2007. Vamos ver se eu vou aguentar, né?! Hahaha

Gostaram das minhas mudanças capilares?!!?

Beijosss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Adorei suas mudanças Claudinha, adoro mudar também, mais foi poucas vezes que mudei, meu cabelo não tem uma história =/ rs
    Adorei. te acho linda com qualquer cabelo, mais confesso , você ruiva, é como sua marca registrada ♥

    Beijos

    Current score: 0

    [Responder]

  2. LInda sempre!! Te acompanho há anos. Confesso que o ombré marcado foi a minha preferida. Tá bem estilosa ( cara de ryca). Beijo

    Current score: 0

    [Responder]