Le Jazz Brasserie

Dando continuidade aos posts gastronômicos aqui do blog, hoje vou falar sobre um dos restaurantes que eu mais gosto: o Le Jazz Brasserie.

Já fui algumas vezes, até em unidades diferentes, e o atendimento e a comida sempre foram impecáveis. O cardápio do Le Jazz não é muito extenso, mas a comida é uma delícia!

lejazz

O Le Jazz é um bistrô, com clima bem intimista ao som de jazz (juuura? rs)

Diferente da maioria dos restaurantes, no Le Jazz infelizmente não rola menu executivo, o cardápio é o mesmo no almoço e jantar. É uma pena, pois o menu executivo é uma ótima maneira de conhecer um pouco do restaurante gastando menos.

Se você chegar por volta das 20h para jantar com certeza vai enfrentar uma fila extensa, mas se você for tipo que prefere um jantar mais tarde pode ir tranquila que a fila diminui bem por volta das 22h.

No almoço é mais calmo e das vezes que fui não vi filas.

lejazz-claudinha-stoco-1

Sempre peço o Camembert Empanado como entrada. Como o próprio nome diz, é queijo empanado servido com mel e pimenta. Vem com umas torradinhas maravilhosas! <3

Amo queijos e esse sem dúvidas a combinação com mel é infalível! O queijo vem com a casquinha firme por fora e derretido por dentro. Só de ver essa foto já dá vontade de ir novamente. :)

O preço se não me engano é R$30.

lejazz-claudinha-stoco-2

Já provei alguns pratos no Le Jazz e o sem dúvidas o Filet au Poivre foi o melhor!

Achei o L’Entrecote deles meio sem graça, e entre o filé ao molho de pimenta (poivre é pimenta é francês) e o de mostarda eu fico com a primeira opção.

É um corte mais alto de carne, bem macio e suculento. Eu gosto de carne ao ponto, vem com o meio bem rosinha e se você não curte é melhor pedir bem passado. É questão de gosto, mas bem passado eu acho que a carne acaba perdendo muito sabor e textura.

As batatas são uma delícia e o espinafre faz uma combinação mais inusitada, né? Eu acho bem gostoso!!!

Esse é um prato bem apimentado e caso você não curta, recomendo nesse caso o filé ao molho de mostarda que é bem mais suave.

Se não me engano o preço é R$45.

lejazz-claudinha-stoco-3

O Caio sempre pede uns pratos bem diferentes, no Le Jazz ele já provou a Langue à La Moutarde (língua crocante ao molho de mostarda) e da última vez ele pediu um Steak Tartar.

Eu não sou fã de carne crua mas provei para ver se era gostoso, e realmente estava muito bom. Para quem gosta vale a pena experimentar! ;)

O prato acompanha saladinha e batatas fritas.

Se não me engano o preço é R$45.

lejazz-claudinha-stoco-4

Eu normalmente não peço sobremesa, mas no Le Jazz já provei o Crème Brûlée e o Moelleux aux Chocolat.

O Crème Brûlée é uma delícia e vale a pena experimentar, sou suspeita pra falar pois se eu for pedir alguma sobremesa em um restaurante francês com certeza será essa.

Já o Moelleux aux Chocolat foi escolha da minha amiga, quando fomos almoçar há algumas semanas lá. Nada mais é do que uma torta cremosa de chocolate com macadâmia e sorvete de baunilha!

É bem gostoso, dá para dividir numa boa mas ainda prefiro o Crème Brûlée por conta de ser um sabor mais suave. É gosto, né? Com certeza as chocólatras vão preferir essa torta!

Coloquei a média de preço dos pratos e somando dá para ter uma ideia, né? Claro que o valor final varia muito se você pede uma entrada, sobremesa ou vinho. Daí vai de cada um!

Não é um restaurante super barato, mas para ir de vez quando vale a pena. ;)

Já conheciam esse restaurante? Normalmente eu compartilho essas coisas no Instagram, mas aqui no blog consigo falar mais sobre!

Beijos

Le Jazz
Endereço: Rua dos Pinheiros, 254 – São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Eu já fui e adorei e como você diz não é dos mais baratos, mas vale a pena para um jantarzinho a dois ou um grupo de amigos!!

    Recomendo

    [Responder]

    Claudinha Stoco Reply:

    Sim, não é um restaurante pra ir toda semana né? Uma vez ou outra vale a pena!
    Bjssss

    [Responder]