O SPFW de verdade!

Muita gente não entende muito bem como funciona o SPFW, então aproveitei minha rápida passagem pela bienal para fotografar pra vocês a minha visão do evento.

O SPFW é um evento voltado aos profissionais da moda, como jornalistas, editores, estilistas, compradores de moda e etc.

O evento não é aberto ao público e para entrar na bienal é necessário ter algum convite, seja para lounges ou desfiles. O convite para desfiles não dá acesso aos lounges, e o convite para lounge não dá acesso aos desfiles.

Não tem como comprar convite, você tem que ser convidada por alguma marca.

Já cobri o evento para algumas marcas, mas essa edição fui apenas como convidada. Algumas marcas me enviaram convites para o evento, e eu fui dar uma olhada nas novidades.

Para ir sem acesso aos lounges é meio chato porque não tem muito o que fazer, mas é legal para encontrar gente querida.

A decoração dessa edição não está das mais bonitas, já teve anos melhores, mas de qualquer forma vale a visita. Assim que você entra na bienal, dá de cara com esses andaimes separados por estilistas, e cada um possui peças e vídeo de cada um.

Os lounges dos patrocinadores são salas separadas, onde você só entra se tiver convite, ou conhecer alguém do meio para te colocar lá dentro. Nos lounges é onde a galera descansa, toma uns drinks e come alguma coisa.

No lounge da Risqué tem manicures, e também as novas cores da coleção do Reinaldo Lourenço.

O Boticário e a Melissa possuem lounges abertos, não precisa de convite para dar uma passadinha.

No do O Boticário dá para marcar uma maquiagem com os profissionais da marca, ou então agendar uma aula de auto maquiagem. No da Melissa você conhece a nova coleção, e tenta a sorte no jogo para ganhar uma sandália.

As salas de desfiles são fechadas e você precisa de convite para assistir os desfiles.

Quem foi convidado pela marca, possui nome na lista e retira o convite nesse balcão diretamente com a assessoria da marca.

O que muita gente faz quando não tem convite, é ficar esperando sobrar algum ou então os de standing (que nada mais é do que assistir o desfile de pé, mas qual o problema né?) 😀

Uns 20 minutos antes de começar os desfiles, já tem fila em cada setor. A fila do standing é a última a entrar pois como eu disse, a galera assiste o desfile em pé mesmo.

Quem não tem convite, pode assistir os desfiles pelo telão.

O GNT possui um estúdio onde são transmitidos os boletins do dia, e algumas entrevistas também.

O FFW também possui uma sala separada.

Comer no SPFW é algo MUITO caro, e esse ano o restaurante da vez é o Manioca. Também tem o bar da Miller, onde você pode pagar caro em uma cerveja, ou em um lanchinho.

O legal é encontrar e conhecer gente legal, esse ano algumas das blogueiras que encontrei foram: Carol (Alfinetes de Morango), Elô (Bapho Fashion), Carla (F-utilidades) e Carol (Toque de Neon).

A Kah e a Pri foram minhas companheiras de SPFW! <3

Achei essa edição meio sem graça, as primeiras que fui estavam bem melhores.

O que vocês acharam? Conseguiram ter uma ideia do evento!?

Beijos