Diário da Dieta: O que eu tenho comido!?

Chegamos na parte mais “chatinha” da reeducação alimentar. Vejam que eu nem estou chamando de dieta, porque pra mim dieta você se priva em determinado momento de alguma coisa, mas depois volta a comer normalmente.

A verdade aqui é que estou me aprendendo a comer de uma forma saudável e isso é um pouco difícil, pelo menos pra mim. No primeiro post contei que não estou indo em nutricionista, mas estou cogitando a possibilidade.

Minha primeira decisão foi a mais óbvia do mundo, ou seja, nada de doces, refrigerantes, frituras, gorduras, cerveja e por aí vai. Além disso dei uma controlada nos carboidratos.

Diferente da maioria, o meu maior problema é evitar frituras e massas. Eu simplesmente amo hambúrguer, batata-frita, arroz e todo o tipo de massa. Além de ser fã de salgadinhos e outras frituras em geral.

Daí como faz?!

Click aqui para ler o post inteiro

Diário da Dieta: A avaliação física

Antes de qualquer coisa, quero MUITO agradecer à todos os comentários do primeiro post do #DiáriodaDieta. Fiquei muito feliz que muitas de vocês se identificaram, e tomaram como um incentivo essas minhas novas postagens. Sei que vocês querem saber de tudo, mas vamos aos poucos, tá?! :)

Nada é tão ruim que não possa piorar, e é bem nessa hora que vem a nossa amada avaliação física. Tem momento pior nessa vida?!

Já estava preparada psicologicamente para o pior, afinal, uma pessoa sedentária e que ama comer porcaria, não dá para esperar coisa boa. Meu resultado foi terrível, e eu morri de vergonha quando li tudo aquilo, mas serve para nós pensarmos pelo lado positivo: tem jeito!

E com muita vergonha vou mostrar um pedaço da minha avaliação pra vocês, é vergonhoso (pelo menos pra mim) mas vale a pena pelo incentivo que isso vai me trazer.

Vale lembrar que essa é a avaliação que fiz mês passado, quando entrei na academia e não estava praticando nenhuma atividade física. A próxima vou fazer mês que vem, e espero que esses número tenham mudado pelo menos um pouco. :)

Não é fácil ler que você está acima do peso, e que o seu condicionamente físico é péssimo. Ah, esqueci de dizer que tenho 1,59m…sou BEM baixinha!

Foi um tapa na minha cara, para eu tomar vergonha na cara e ir todos os dias na academia. Claro, as vezes eu tenho alguns compromissos do blog que me impedem de ir na academia, mas desde esse dia tenho tentado ir regularmente.

Minha meta são menos 10kgs até o meu aniversário, dia 12 de Janeiro. Não sei se vou conseguir, mas já mudei minha rotina e meus hábitos. Infelizmente quem quer perder peso, de maneira saudável, paciência é algo essencial. 

Minha decisão a princípio foi apenas fazer os exercícios aeróbicos porque eu odeio musculação, mas a minha instrutora me aconselhou a fazer a musculação.

Contei para ela os meus problemas, e disse que a minha intenção não é ficar gostosona, e sim magra e saudável. Simples assim..

O meu treino na musculação é leve, eu faço apenas 3 séries com 15 repetições,também não levanto muito peso, mesmo porque eu não aguento. Já os exercícios de braço…um drama!

Não sei vocês, mas eu ODEIO malhar braço, e odeio com todas as minhas forças, mas preciso fazer pois eu odeio os meus braços gordinhos. É engraçado como a vida é, antes de entrar para esse universo de blog e moda, eles nem me incomodavam, hoje em dia…não uso blusa sem manga…me sinto mal! =(

Mas tudo para um corpo perfeito para a vida, reparem que nem digo que é para o verão, pois essa é uma mudança que eu quero pra minha vida.

Bom, essa é a minha meta e espero de verdade conseguir. Estou muito feliz fazendo academia, com certeza é uma das melhores partes do meu dia. Me faz bem me exercitar, e toda vez que vou me sinto culpada de pensar em comer algo “gordinho”. Tem funcionado pra mim.

Desde esse dia eu ainda não me pesei, mas farei isso em breve e venho contar pra vocês ok!?

Beijos!

Diário da Dieta: O começo

Nossa, estou devendo esse post pra você há quase 1 mês né!? Acontece que a minha reeducação alimentar não foi muito “feliz” na última semana, então desanimei.

Mas já animei, e voltei para o meu objetivo atual muito mais focada que antes, então vou dividir essa minha experiência com vocês.

A ideia dessa ‘tag’ é mostrar como tem sido minha rotina, acho que dessa forma eu posso ajudar outras pessoas, e vocês também podem me ajudar.

Tudo começou quando eu estava já cansada de querer vestir alguma roupa, e ela não ficar bem em mim. Eu nunca fui  magra, ou com o corpo perfeito, mas usava roupas justas e estava confortável com o tamanho 40 dos meus jeans.

Não lembro exatamente quanto eu pesava na época, mas quando entrei na faculdade em 2006, só usava roupas justas e era feliz com o meu peso.

Notem que eu não era magra, mas até que não estava tão mal…hahaha. Vamos relevar também a moda, naquela época eu não tinha referência nenhuma de estilo, e amava bandas de hardcore (ainda gosto).

Um dia da semana, eu me vi dentro da C&A procurando blusinhas para disfarçar o meu problema, foi quando me dei conta que aquela não era eu. Eu nunca fui de usar camisetinhas, ou roupas folgadas, muito pelo contrário...então resolvi entrar na academia.

Bem antes disso eu já estava fazendo uma reeducação alimentar, sem acompanhamento médico, mas que é super simples e não tem nada de maluco.

Minha rotina alimentar é basicamente nada de frituras, refrigerantes, doces e muito pouco carboidrato. Eu adoro frutas, legumes e verduras, então não foi um super sacrifício abrir mão das besteiras que eu andava comendo.

Me matriculei na academia e comecei dando preferência para as aulas de aeróbico. Quando eu era adolescente, sempre praticava esportes, mas deixei meio de lado quando entrei na faculdade, daí o meu sendentarismo veio forte e já viu…quilos a mais.

A minha rotina na academia é composta pelas aulas de step, jump, musculação e de vez em quando o spinning. Comecei pelo spinning, mas ele é o 2º aeróbico do dia, então as vezes eu não aguento.

É chato começar academia sozinha?! Muito!

Mas depois você pega ritmo, e gosto pela coisa, a companhia vira apenas um detalhe. Nenhuma aula é feita em dupla (pelo menos não as que eu faço), então dá para se virar sozinha.

Foi uma decisão que mudou a minha vida, estou com mais disposição e gostando muito das aulas, tanto que me sinto culpada quando falto ou como alguma besteira.

No próximo post eu conto sobre a minha avaliação física, ok!? :)

Vocês gostam desse tipo de post?! Se a maioria curtir, eu continuo contando toda semana como tem sido essa minha “vida esportiva” hahaha.

Ah, eu sempre falo no twitter sobre minha ida à academia, quem quiser acompanhar é só me seguir no twitter @ClaudinhaStoco, estou usando a hashtag #diariodadieta :)

Beijos!